Arquivo

Concurso do TRT da 8ª Região homologa resultado final para carreiras de técnico e analista!


via Byline

trt 8 frente
Concurso do TRT  da 8ª Região (TRT 8) já pode iniciar convocação de aprovados! Resultado final  já foi divulgado e homologado. Saiba +

Concurso do TRT da 8ª Região (TRT 8) já pode iniciar convocação de aprovados! Resultado final já foi divulgado e homologado. Saiba +

Com oferta para nível médio e superior, o Tribunal Regional do Trabalho da 8° Região (Concurso do TRT  da 8ª Região) homologou nesta quarta-feira, dia 29 de junho, em publicação no Diário Oficial da União, o resultado final de seu concurso público para as carreiras de técnico e analista judiciário – veja abaixo. Com isso, espera-se que as nomeações possam começar imediatamente, já que esse é o desejo do órgão.

Ao todo, a seleção atraiu 35.536 candidatos, sendo a maioria para os cargos de  Técnico Judiciário – Área: Administrativa, Analista Judiciário – Áreas: Judiciária e Enfermagem, com 17.213, 5.629 e 836 candidatos, respectivamente.  trt 8-homologado

Espera-se que o órgão mantenha tradição de sempre convocar muitos candidatos. Na última seleção, realizada em 2013  e também organizado Cespe/UnB, houve mais de 500  nomeações, sendo a maioria para o cargo de Técnico Judiciário –  Área: Administrativa (275), seguido dos postos de Analista Judiciária – Áreas: Judiciária (136), Administrativa (24) e Oficial de Justiça Avaliador Federal (46) (veja aqui ). No de 2010 também não foi diferente, foram mais de 268 nomeações para as diversas áreas.

São oferecidas 28 vagas imediatas, além da formação de cadastro de reserva, que deverá ser utilizado durante o prazo de validade do certame, que é de 2 anos, podendo dobrar. Há reserva de vagas para negros e pessoas com deficiência. 

A oferta contempla os cargos de Analista Judiciário – Áreas: Judiciária; Oficial de Justiça Avaliador Federal e Administrativa, que requerem graduação em direito e nível  superior em qualquer área, respectivamente, apoio especializado em  Contabilidade, Arquitetura, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica,  Medicina do Trabalho,  Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Tecnologia da Informação, que exigem formação na respectiva área,  além de oportunidades para os cargos de Técnico Judiciário – Área: Administrativa, de nível médio, e Técnico em apoio especializado em Tecnologia da Informação. A lotação da maioria dos aprovados será nas Zonas Eleitorais do interior do Estado. A carga para todos os postos é de até 40h semanais e as remunerações iniciais são de R$ 6.224,79 para técnicos e R$ 9.662,84 para analistas, exceto oficial de justiça, que o inicial é de R$ 11.274,75. O regime de contratação será o estatutário, o que garante a sonhada estabilidade.

Detalhes:

  • MarcadorConcurso: Tribunal Regional do Trabalho da 8° Região (Concurso TRT 8ª Região 2016)
  • MarcadorOrganizador: Cespe/UnB
  • MarcadorCargo: Analista;  Técnico 
  • MarcadorEscolaridade: Nível superior
  • MarcadorEstados: Amapá e Pará
  • MarcadorNúmero de vagas: 28 + CR
  • MarcadorRemuneração: Até R$ 11 mil
  • MarcadorInscrições: Reabertas até 19 de fevereiro de 2016
  • MarcadorTaxa: R$ 120 ou R$ 90
  • MarcadorProva objetiva/discursiva: 13 de março de 2016
  • MarcadorSITUAÇÃO: Resultado final homologado

edital
Gostou desta oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 25 anos de experiência em concursos públicos.
Cursos online com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

matricule-se 3

Apostila preparatória para o concurso do TRT da 8ª Região por apenas R$ 24,90!

TRT8-APOSTILKA
tribunais grupo

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:

 CHEGUEI-LÁ2 (5)    CHEGUEI-LÁ2 (4)    CHEGUEI-LÁ2    CHEGUEI-LÁ    CHEGUEI-LÁ-Natálial

The post Concurso do TRT da 8ª Região homologa resultado final para carreiras de técnico e analista! appeared first on Blog Gran Cursos Online.

Como estudar Gramática para Concursos?


via Byline

            Olá, pessoal! Sou o professor Diogo Alves e atuo na área de Gramática, Análise de Textos e Redação Discursiva para concursos públicos há alguns anos. Bem, resolvi escrever este artigo para ajudar você na parte que costuma ser a dificuldade da maioria dos candidatos: o temido PORTUGUÊS!

    O primeiro passo a ser dado nesta matéria é a revisão de conceitos básicos:MORFOLOGIA, que diz respeito às classes de palavras, como substantivo, adjetivo, advérbio, verbo, pronomes, conjunções, preposições; depois, vale a pena retomar conceitos iniciais, por meio da SINTAXE – que trata das funções que as palavras possuem no contexto fraseológico, ou seja, sujeito, predicado, adjunto adnominal, adjunto adverbial, objeto direto, objeto indireto, etc; por fim, é sempre bom ampliar o vocabulário por meio de sinônimos, já que a parte da SEMÂNTICA, a qual aborda a significação das palavras no contexto, exige que os candidatos façam substituição de termos – mantendo correção gramatical e sentido originais do trecho (ou do texto).

           De fato, dominar as estruturas morfossintáticas requer treino por intermédio de exercícios de provas anteriores, preferencialmente que sejam comentados pelo professor. Note que os comentários das questões ajudam os estudantes rumo ao entendimento do enunciado. Observe uma questão do TJ/SE, da banca Cespe/UnB, aplicada em 2014: "No trecho: 'envio de astronaves à Lua e a Marte', a ausência do acento grave indicativo de crase se justifica pela presença do conectivo 'e', empregado para ligar duas expressões de mesma função". Aí eu te pergunto: desde quando o conectivo "e" tem relação com o uso do acento grave indicativo de crase? Questão totalmente incoerente, já que não se utiliza acento grave antes de palavras masculinas em que não esteja subentendida a expressão "à moda de". Percebam o quanto as bancas extrapolam os conceitos: se você dominar casos simples, até mesmo por meio de "regrinhas" passadas em sala de aula, certamente logrará êxito.

            Nessa perspectiva, os conteúdos que você deve dar maior atenção na parte de Gramática são, entre outros:

  • Ortografia oficial;
  • Acentuação gráfica;
  • Classes de palavras;
  • Formação de palavras;
  • Flexão de gênero e número;
  • Modos e tempos verbais;
  • Emprego do sinal indicativo de crase;
  • Sintaxe da oração e do período;
  • Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;
  • Concordância nominal e verbal;
  • Pontuação.

         Observe que quase tudo o que está na Gramática é exigido do candidato (se fizermos uma análise em relação aos assuntos que já foram cobrados). Entretanto, há sempre aqueles assuntos "preferidos" pelos examinadores: usos do QUE e do SE. Já ouvi concursandos dizendo o seguinte: "Professor, não vou aprender o que significa uma oração subordinada substantiva objetiva direta!". Sabem o que digo a estes estudantes que pensam assim? "É mais fácil do que você pensa". A "sacada" é a seguinte: quando vocês estiverem realizando a leitura de um trecho e a palavra ISSO encaixar perfeitamente antes do QUE ou do SE, tal fato quer dizer que este trecho introduzirá ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA (e o QUE ou o SE serão CONJUNÇÕES INTEGRANTES). As letras em destaque significam ISSO (de trás para frente). Por fim, basta analisar a função sintática em que este trecho está: sujeito, objeto direto, objeto indireto, etc. Exemplo: "O amor demonstra que tudo é possível" [pergunte: "O amor demonstra ISSO"… coube ISSO antes do QUE, e ele é uma conjunção integrante, funcionando como OBJETO DIRETO, já que o verbo DEMONSTRAR é transitivo direto neste contexto].

         Em síntese, estudar para concursos públicos é o mesmo que se preparar para uma guerra: vence quem está mais bem preparado e consegue equilibrar o emocional no campo de batalha! Isso mesmo! Não adiante saber muito e não equilibrar os sentimentos. Acredite em você, confie em seus professores, leia as obras recomendadas, faça infinitos resumos, organize o seu local de estudo, não se distraia com o celular (principalmente em redes sociais… Rs…). Na atualidade, a distração tem levado muitos indivíduos ao insucesso. Portanto, tenha sabedoria e não se transforme em um escravo do Facebook ou do WhatsApp. Seja dono do seu próprio destino: aprender PORTUGUÊS exige disciplina e dedicação. Assim, organize horários e estabeleça prioridades: tenho certeza de que você logo atingirá a tão sonhada posse! Ah, e para que você possa organizar melhor os seus estudos, veja logo abaixo uma tabela bem bacana para manter a organização durante este período de estudos. Programe-se!

TABELA PARA ORGANIZAR OS ESTUDOS

Um abraço e bons estudos!

Prof. Diogo Alves

Especialista em Português para Concursos

O post Como estudar Gramática para Concursos? apareceu primeiro em Blog Gran Cursos Presencial.

Material de apoio: Plano de Contas de Resultado!


via Byline

Olá, meus amigos! Tudo bem?

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado).

O plano foi elaborado pelo nosso amigo e professor Julio Cardozo, que se utilizou de uma série de livros para compilar as contas que mais aparecem em provas de concursos. Assim, servirá como material de apoio para os seus estudos!

Antes de começarmos, alguns lembretes importantes:

Entrem no nosso Grupo de Contabilidade no Facebook.

Contabilidade para Concursos – Grupo de Estudos

Todos os dias temos dicas, questões, novidades sobre concursos e discussões sobre concurso e sobre a nossa disciplina de modo geral.

Temos também um Instagram com muitas dicas de Contabilidade. Para quem quer aprender de maneira interativa e gráfica, basta seguir @contabilidadefacilitada.

Por último, deixamos os nossos Periscopes. Diariamente, fazemos aulas sobre temas diversos de contabilidade e direito empresarial para concursos. Já somos mais de 16.000 aprendendo diariamente. Junte-se ao time também! @gabrielrabelo87 e @proflucianorosa

O plano de contas a seguir contém a maioria das contas que são exploradas em provas de concursos públicos. Não precisamos decorar todas as contas, mas saber identificar em qual grupo estão inseridas e efetuar a classificação correta. Esse plano de contas está de acordo com a lei 6404/76, mas também apresenta conceitos atualizados do CPC 26 – Apresentação das Demonstrações Contábeis.

Aí vai o material!

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD!

Um abraço.

Gabriel Rabelo.

The post Material de apoio: Plano de Contas de Resultado! appeared first on Estratégia Concursos.

Presidente do TCM-Rio anuncia cronograma do aguardado concurso


via Byline

O presidente do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCM-Rio), Thiers Montebello, revelou, com exclusividade à FOLHA DIRIGIDA, o cronograma previsto para o concurso de técnico de controle externo, cargo que exige o nível médio completo e tem ganhos mensais de até R$10.578,22. Segundo ele, além da previsão de divulgar o edital no dia 25 do próximo mês, o TCM-Rio prevê receber inscrições entre os dias 1º de agosto e 5 de setembro, aplicar a prova objetiva em 16 de outubro e a avaliação discursiva em 11 de dezembro. 
 
A intenção é divulgar o resultado final do concurso em 13 de fevereiro. Essas datas, segundo Thiers Montebello, ainda serão confirmadas pela comissão, em reunião já agendada para esta quarta-feira, dia 29. "O que pode mudar aí é o prazo de inscrição. As demais datas deverão ser confirmadas", esclareceu o presidente Thiers Montebello.

A taxa de inscrição será de R$55. Serão oferecidas 18 vagas imediatas mas, além disso, será formado um cadastro de reserva, que será utilizado durante o prazo de validade, de dois anos, podendo dobrar. A expectativa do TCM-Rio é fazer até 80 contratações. A informação aponta, portanto, para mais de 80 dias de estudo após a divulgação do edital, ou seja, com os candidatos tendo o programa em mãos. O TCM-Rio já confirmou que o exame objetivo, previsto para 16 de outubro, versará sobre Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Financeiro, Administração Financeira e Orçamentária (AFO), Controle Externo, Ciências da Administração, Raciocínio Lógico e Português.

O tribunal não revelou ainda quantas questões serão cobradas, nem a distribuição delas pelas disciplinas confirmadas. A diretora de Capacitação do tribunal e secretária executiva da comissão do concurso, Maria Bethania Villela, explicou o porquê disso ainda não ter sido divulgado: "Ainda estamos estudando e discutido quantas questões cobraremos. Quando tivermos a certeza disso e de como será a distribuição pelas matérias, informaremos", esclareceu. A avaliação discursiva, segunda etapa do concurso, consistirá na elaboração de uma redação oficial. Nessa etapa, programada para 11 de dezembro, o concorrente precisará fazer um memorando ou uma ata, por exemplo. Os critérios de aprovação ainda não foram informados.

Veja o cronograma previsto:
Divulgação do edital: 25/07
Prazo de inscrição: 1º/08 até 05/09
Prova objetiva: 16/10
Prova discursiva: 11/12
Resultado final do concurso: 13/02


Atrativos valorizam concurso
A seleção do tribunal carioca tem até apelido de 'o concurso', por conta dos diversos atrativos. O primeiro deles é a remuneração, a maior do serviço público para o nível médio. O técnico, quando ingressa no tribunal, recebe R$8.130,22 mensais. Após três meses de trabalho, esse valor sobe para R$10.578,22, já que são somados os encargos especiais de R$2.448. O órgão oferece ainda auxílio-saúde, que reembolsa até R$990; auxílio-creche (para quem tem dependentes de até 6 anos), de R$1.020; e auxílio-educação (para quem tem dependentes de até 17 anos), também de R$1.020. Os classificados terão ainda a estabilidade empregatícia, já que serão contratados pelo regime estatutário. Há também um plano de cargos, que prevê a chegada ao ápice da carreira em torno de 15 ou 20 anos. O técnico hoje aposenta-se com remuneração de R$17.139,26.

Esse técnico, segundo o órgão, atuará nas áreas meio. O presidente Thiers Montebello deixou uma mensagem aos milhares de interessados na disputa: "Estudem bastante e, quem conseguir a aprovação esteja feliz de ingressar no tribunal, pois este é um excelente local de trabalho. Aguardamos técnicos da maior qualidade para o órgão. Contamos com vocês", assinalou o presidente. O TCM-Rio é localizado no Centro do Rio, sendo de fácil acesso aos cariocas.

Uma das disciplinas confirmadas para a prova objetiva do concurso de técnico do TCM-Rio é Raciocínio Lógico e, como o IBFC é o organizador, a expectativa é que lógica proposicional seja o assunto mais abordado. A análise é do professor Domingos Cereja, da Academia do Concurso, tendo em vista as últimas provas do organizador. "Apesar de esse assunto não ter sido tratado na última seleção do órgão, em 2004, todas as últimas avaliações do IBFC tiveram questões de lógica proposicional, envolvendo equivalências, negações, tabelas verdade, tautologias e argumentos lógicos."

O especialista destacou ainda que conjuntos, operações com frações, porcentagens e sequências logicas são temas que também deverão aparecer. Embora o tribunal não tenha informado quantas questões serão propostas na prova objetiva, nem a distribuição delas pelas disciplinas, Domingos Cereja fez apostas de como ele acredita que deverá ser a avaliação de Raciocínio Lógico. Segundo ele, deverão ser cerca de sete questões, sendo três de lógica, uma porcentagem, uma de conjunto, uma de sequência e uma de fração.

O professor deu dicas também de como deve ser o estudo dos candidatos, faltando menos de um mês para o edital sair."Baixe provas dos últimos concursos de nível médio do IBFC, e faça-as dentro do prazo que costuma ser estabelecido no edital. Ou seja, cerca de 40 minutos para Raciocínio Lógico. Tenha confiança e acredite no seu potencial. Uma forma para isso é fazer muitos exercícios, pois a partir deles você aumentará a sua confiança."
 
 
 Precisando de ajuda para organizar seus estudos? 
Como o Aprimora Coaching pode te ajudar? 
- Organização; 
- Planejamento; 
- Cumprimento de metas; 
- Fixação de cronograma completo com teoria, revisão, questões; 
- Motivação; 
- Autoconhecimento; 
- Controle da Ansiedade. 
 
Fonte: Folha Dirigida



Kozikoski Responde 01


via Byline

Esta é a primeira edição do Kozikoski Responde, em cada programa o Prof. Antonio Kozikoski responderá as principais dúvidas sobre o Exame de Ordem.

Veja as perguntas de hoje:
1. Quero prestar a próxima edição do exame, mas ainda estou na faculdade. Como faço?

2. Na segunda fase da OAB, fiz uma Contrarrazões de Apelação. Acertei toda a peça: preliminares, mérito, pedido e endereçamento. Porém, coloquei o nome da peça certo e fundamentei no artigo errado. Corro o risco de zerar a nota?

3. O novo código de ética será exigido no XX Exame de Ordem?

4. Quando será o próximo exame de ordem? Se eu passar só na primeira fase, posso fazer direto a segunda na próxima tentativa?

5. Posso copiar os recursos que encontro na internet?

Quer a melhor preparação para o próximo Exame de Ordem? Em parceria com o Aprova Concursos o Prof. Antonio Kozikoski lançou um projeto único para auxiliar na sua aprovação. Veja mais informações no www.aprovaconcursos.com.br/examedeordem

O post Kozikoski Responde 01 apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.

Aulão online, ao vivo e gratuito sobre concursos de Tribunais do Trabalho. Faça já sua inscrição!


via Byline

concursos de Tribunais do Trabalho

O Estratégia Concursos irá realizar, no dia 30 de junho, às 19h (horário de Brasília), um aulão online, ao vivo e gratuito sobre concursos de Tribunais do Trabalho. Saiba quais são os tópicos mais cobrados nas principais disciplinas e conheça as técnicas de estudo mais eficazes.

FAÇA JÁ SUA INSCRIÇÃO NO AULÃO TRTs

Durante o evento, os coaches Mário Machado (Auditor-Fiscal da Receita Federal) e Daniel Magalhães (Auditor-Fiscal do Trabalho) irão abordar os seguintes assuntos:

  • Análise detalhada dos principais editais
  • Dicas e estratégias de preparação em alto nível
  • Técnicas de Estudo para a Área Trabalhista
  • Tira-dúvidas ao vivo com os especialistas do Estratégia Concursos
  • E muito mais.

FAÇA JÁ SUA INSCRIÇÃO NO AULÃO TRTs

Assessoria de Comunicação

comunicacao@estrategiaconcursos.com.br

The post Aulão online, ao vivo e gratuito sobre concursos de Tribunais do Trabalho. Faça já sua inscrição! appeared first on Estratégia Concursos.

Receita Federal poderá abrir concurso com 2.495 vagas


via Byline

receita-federal

A Receita Federal do Brasil (RFB) planeja a abertura de 2.495  vagas para nível médio e superior em um novo concurso. O Ministro de Estado da Fazenda, Henrique Meireller, assinou pedido lembrando sobre a necessidade do aumento do quadro funcional dos órgão fazendários, em carta encaminhada ao Ministro do Ministério do Planejamento, Dyogo Oliveira.

Além da RFB, essas vagas também contemplariam a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

 

Vagas
Devem ser ofertadas vagas de nível superior para os cargos de Analista e Auditor, com remunerações de R$ 9,2 mil e R$ 15,7 mil, respectivamente. A expectativa é de que também sejam autorizadas vagas de nível médio para a área administrativa (assistente/carreira de apoio) com salário inicial de R$3.756,82.

ESTUDE PARA O NOVO CONCURSO DA RECEITA COM O APROVA CONCURSOS!
Para mais informações sobre o curso preparatório para este concurso, ligue: 0800 606 8889

Mesmo com a suspensão de concursos em caráter temporário, prática já adotada pelo Governo Federal em momentos de crise econômica, a demora para realização de novo concurso da RFB agrava cada vez mais a situação de falta de servidores. O Sindifisco Nacional (Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil) já sinalizou que o órgão apresenta uma quantidade insuficiente de profissionais, o que acarreta em acúmulo de trabalho e, consequente queda de produtividade.

O último certame, realizado em 2014, teve a validade encerrada em junho de 2015 contou com 68.540 inscritos e nomeou 272 aprovados no cargo de Auditor-Fiscal da Receita Federal. A remuneração oferecida era de R$ 14.965,44 e para concorrer ao cargo, era exigido nível superior com graduação em qualquer área.

O post Receita Federal poderá abrir concurso com 2.495 vagas apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.

Concurso ANTT para níveis médio e superior é analisado pelo Planejamento! Oferta de 701 vagas e até R$ 12 mil!


via Byline

ANTT-concurso1
Concurso ANTT para níveis médio e superior

Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) programa abertura de novo concurso para carreiras de níveis médio e superior! Pedido avança.

O Ministério do Planejamento analisa pedido de concurso da Agência Nacional de Transportes Terrestres (Concurso ANTT) para 701 vagas de níveis médio e superior, sendo 49 para  técnico administrativo (nível médio), 296 para técnico em regulação, 44 de analista administrativo e 312 de  especialista. Na tarde de ontem, dia 28 de junho, houve avanço na tramitação do processo. Segundo consta no site Protocolo Integrado, do governo federal, o andamento foi na Coordenação-Geral de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas – veja abaixo ou acesse aqui.

Com isso, cresce a expectativa que, mesmo com o anúncio da suspensão dos concursos, o certame que proverá vagas para a ANTT seja autorizado, tendo em vista a necessidade de pessoal do órgão. Para o Sindicato Nacional da categoria, o governo deve abrir exceção e autorizar o certame, sob o risco de descuidar da área.ANTT-PEDIDO-MPOG

Em um de seus primeiros atos após assumir o cargo, o presidente em exercício, Michel Temer, criou o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). O programa foi instituído por meio de uma Medida Provisória publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

De acordo com o texto da MP, o PPI vai servir para a "ampliação e fortalecimento da interação entre o Estado e a iniciativa privada por meio da celebração de contratos de parceria para a execução de empreendimentos públicos de infraestrutura e de outras medidas de desestatização."

A MP ainda define como contrato de parceria atos como concessões, permissões de serviço público, arrendamento de bens públicos e "outros negócios público-privados que, em função de seu caráter estratégico e de sua complexidade, especificidade, volume de investimentos, longo prazo, riscos ou incertezas envolvidos, adotem estrutura jurídica semelhante."

Com as novas medidas, será necessário uma maior fiscalização por parte do órgão regulador da infraestrutura ferroviária e rodoviária federal e de prestação de serviços de transporte terrestre, a ANTT.

Para que isso ocorra, é preciso que o órgão aumente sua capacidade de pessoal. E temos uma Boa notícia para quem já está de olho em ingressar na ANTT: o pedido para realizar um novo concurso será enviado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), independentemente da troca da gestão federal. A Assessoria de Imprensa da autarquia ressaltou que "a mudança de governo não afetará o envio do pedido de autorização de novas vagas para realização do concurso público da ANTT, o que deverá ocorrer até o próximo dia 31. O cumprimento desse prazo é para que o pleito seja incluído na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017.

Sem realizar seleções desde 2013, mais provável é que isso aconteça já no início de 2017, uma vez que não há concursos vigentes e o órgão precisar recompor sua estrutura. Por ser um concurso de alto nível e reunir um grande número de candidatos, é recomendando aos interessados em ingressar na ANTT que iniciem o quanto antes os estudos, tomando como base o programa do concurso anterior. Sendo assim, vamos analisar as oportunidades que deverão ser abertas e todos os detalhes das carreiras do órgão.

Atribuições dos cargos previstos e requisitos:

  • Analista Administrativo

Requisitos: foi necessário diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior nas áreas de  administração, biblioteconomia, ciência política, ciências contábeis, comunicação social, direito, tecnologia da informação – desenvolvimento de sistemas da informação e de tecnologia da informação – infraestrutura de TI para concorrer as funções de analista. Porém, é possível que as especialidades seja revistas e alteradas.

Atribuições: atribuições de nível superior voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

  • Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres

Requisitos: foi necessário diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior nas áreas de ciências contábeis, direito, economia, engenharia ambiental e engenharia florestal, engenharia civil, engenharia civil/engenharia de produção e de estatística para concorrer as funções de analista. Porém, é possível que as especialidades seja revistas e alteradas.

Atribuições: cargos de nível superior com atribuições voltadas às atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos de transportes terrestres, inclusive infraestrutura, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

  • Técnico Administrativo

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Atribuições: atribuições de nível intermediário, voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

  • Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres

Requisitos: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Atribuições: atribuições voltadas ao suporte e ao apoio técnico especializado às atividades de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos de transportes terrestres, inclusive infraestrutura, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades;

Progressão

O candidato aprovado no próximo concurso para as carreiras de técnico, analista e especialista da ANTT terá as atribuições da Classe A. Mas além das classes, os candidatos são postulados a um outro título dentro de uma classe, ou seja, ingressarão na Classe A padrão I, conforme abaixo:

antt-001

  • Tome nota: GDAR é a Gratificação de Desempenho de Atividade de Regulação.

Entendendo…

Explicando melhor, cada ano equivale a um padrão. Anualmente os candidatos que ingressarem, serão avaliados e caso isso ocorra de forma positiva, acontecerá a progressão para o padrão posterior. Cada classe é composta por padrões e, ao final de alguns anos, os aprovados passarão de uma classe para outra. Isso acontecerá até que se chegue última classe e padrão, cerca de 13 anos, quando o servidor fará parte da Classe Especial – Padrão III.

A promoção é a movimentação do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe seguinte, observado o interstício de um ano em relação à progressão funcional imediatamente anterior, dependendo, cumulativamente do resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento oferecido, preferencialmente, pelo órgão, na forma prevista em regulamento.

Evolução remuneratória: Consequentemente, os valores da remuneração aumentarão. Ganhando inicialmente até R$ 12 mil, o servidor chega a classe especial com até de R$ 18, conforme abaixo:

  • Especialista em Regulação

antt-005

  • Analista Administrativo

antt-004

  • Técnico Administrativo

antt-003

  • Técnico em Regulação

antt-002

Os servidores contam ainda auxílio alimentação de R$ 458. Quem tem filho tem direito ainda a auxílio-creche de R$ 321. Há também benefícios como adicional de qualificação e adicional de cursos de capacitação.

Jornada de Trabalho: Os editais preveem 40 horas semanais. A definição do horário de entrada e saída é flexível, e varia conforme o setor de lotação.

Lotação: As unidades onde os novos servidores serão alocados dependerá do quantitativo que for liberado pelo MPOG, informou a Assessoria de Imprensa da ANTT. As regionais centrais ficam em Brasília (sede), Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão, Bahia, Pernambuco, mas a entidade conta também com postos de atendimento e fiscalização nesses e em outros estados.

Organizadora e etapas: Os concursos da ANTT são tradicionalmente organizados pelo Cespe/UnB. As seleções compreendem provas objetiva e discursiva, exigindo dos candidatos um altíssimo nível de preparação e um estudo pré-edital de muita dedicação. Os candidatos aprovados no concurso, convocados para posse para os cargos especialista e que entrarem em exercício participarão de Curso de Formação, para identificação, nivelamento e domínio dos conhecimentos necessários ao desempenho do cargo.

Aplicação das provas: As provas do concurso costumam ser aplicadas em Brasília/DF, Boa Vista/RR, Porto Velho/RO e Rio Branco/AC.

Demanda por servidores é alta: O excesso de aposentadorias foi o principal responsável pelo desmanche do efetivo da ANTT nos últimos anos, fazendo com que diversas atividades deixem de ser desenvolvidas, em função da falta de pessoal. O temor dos sindicatos dos servidores é que a defasagem possa se agravar a ponto de atingir atribuições prioritárias.

Concorrência

Sempre muito disputado, o concurso para técnicos, analistas e especialistas da ANTT atraem muitos candidatos. No total foram 18.514 inscritos (137,14 por vaga). O cargo com maior concorrencia é de técnico administrativo em Brasília (5.618 inscritos para 10 vagas – 561,80 por vaga) – veja aqui a relação de candidatos/vaga.

Os cargos eram de analista administrativo (17 vagas), especialista em regulação de serviços de transportes terrestres (63 vagas), técnico administrativo (10 vagas) e técnico em regulação de serviços de transportes terrestres (45 vagas). As foram para Brasília (130), Boa Vista (2), Porto Velho (1) e Rio Branco (2).

Histórico de nomeações

O concurso sempre nomeia um grande quantitativo de candidatos aprovados. No último, por exemplo, era, 135 vagas, porém mais de 200 candidatos foram nomeados para as carreiras de técnico, analista e especialista.

Dicas para o início dos estudos

Nesta fase inicial de estudos é importante que o candidato entenda a banca dos últimos concursos e para isso pesquise sobre o examinador, conheça sua história, descubra suas tendências. Uma forma de conhecer a banca examinadora é refazer provas anteriores, disponíveis nos sites. Assim, é possível assimilar o modelo de avaliação.

É importante, antes de começar a estudar, planejar o estudo, para que não haja perdas de tempo e esforços desnecessários. Estudar para concursos exige eficiência, pois o tempo é o recurso mais precioso de todos. Quem se preparar com as melhores fontes (livros, cursos, aulas) estará na frente dos demais candidatos.

No último concurso para técnico, realizado em 2013, pelo Cespe, o programa foi considerado bastante equilibrado e tal equilíbrio se refletiu na cobrança feita na prova, com questões bem distribuídas entre as matérias.

Na parte específica, cada matéria do edital avaliada. De uma forma geral, todo o conteúdo de todas as matérias foram cobrados. Tal fato deixa um alerta importante para o candidato: não adianta escolher assuntos do edital para estudar e deixar outros de lado. Tudo foi cobrado e isso exige um estudo completo dos conteúdos programáticos.

A preparação para concursos públicos, seja qual for, exige cada vez mais um maior grau de comprometimento. E tratando-se de um concurso como o da ANTT, além de planejada, a preparação precisa ser focada, direcionada e objetiva. Saber dividir o tempo de forma proporcional à cobrança; fazer revisões constantes; elaborar resumos; saber quando é a hora de fazer simulados e exercícios gabaritados e comentados; dentre outros aspectos; é crucial na preparação daqueles que vão conseguir uma das vagas. E no que diz respeito à divisão do tempo de estudo entre as disciplinas.

Detalhes:

Gostou desta oportunidade? Prepare-se com quem tem tradição de aprovação e mais de 25 anos de experiência em concursos públicos. Cursos online conforme o novo edital, com início imediato, visualizações ilimitadas e parcelamento em até 12x sem juros

matricule-se 3

Apostila digital por apenas R$ 24,90

antt-apostila-15-gran

BLOG

garantia GCO

Ex-alunos do Gran Cursos aprovados em 1º lugar no concurso da ANTT

Depoimentos de alunos aprovados AQUI. Casos de sucesso:
CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ CHEGUEI-LÁ2 CHEGUEI-LÁ-Natálial

     CHEGUEI-LÁ-Natálial    CHEGUEI-LÁ (7)

The post Concurso ANTT para níveis médio e superior é analisado pelo Planejamento! Oferta de 701 vagas e até R$ 12 mil! appeared first on Blog Gran Cursos Online.