Arquivo

Sefaz Cuiabá faz alterações no concurso para Auditor


via Byline

sefaz cuiabaA Secretaria Municipal de Fazenda de Cuiabá (MT) alterou alguns itens do edital do concurso para Auditor Fiscal Tributário da Receita Municipal. A remuneração passou de R$ 11.924,29 para R$11.905,49.

Também haverá reserva de vagas para negros e índios, que não estavam previstas no edital. O percentual será de 20%, obedecendo aos critérios dispostos na Lei Municipal nº 5.842, de 30 de julho de 2014.

Por fim, a última alteração diz respeito ao conteúdo programático específico de Direito Civil e Direito Empresarial da Prova I.

Sobre o concurso
São oferecidas 20 vagas imediatas e 20 para a formação de cadastro de reserva para o cargo de Auditor Fiscal Tributário da Receita Municipal. Exige-se nível superior completo, as inscrições custam R$ 150,00 e vão até 05 de novembro de 2014 pelo site da FGV.

Prepare-se para esse concurso com o Aprova Concursos!
Para mais informações sobre os cursos preparatórios para este concurso, ligue: 0800 606 8889.

O post Sefaz Cuiabá faz alterações no concurso para Auditor apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.




Concurso Para Sefaz-PI


via Byline

Abriu concurso para Sefaz-PI.

São 20 vagas (10 para Auditor – R$ 11.020,91; e 10 para Analista – R$ 8.088,20).

As provas serão aplicadas no dia 01/02/2015 para Auditor e dia 08/02/2015 para Analistas.

Abs, bons estudos e boa sorte.

 

Ted Jefferson

O post Concurso Para Sefaz-PI apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.




TRE-PR contrata Fundação Carlos Chagas para organização de concurso público


via Byline

tre-prFoi divulgado no Diário Oficial da União desta segunda-feria, dia 27, o extrato de dispensa de licitação definindo a Fundação Carlos Chagas (FCC) como a organizadora do novo concurso para o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). A seleção será para o preenchimento inicial de 10 vagas para servidores, além da formação de cadastro de reserva que poderá ser utilizado no decorrer da validade. O edital sairá até o final do ano, porém, com a escolha da organizadora, a expectativa é de que seja divulgado muito em breve.

Serão oferecidas vagas para os cargos de analista judiciário com especialização em Análise de Sistemas (2), com nível superior, e técnico judiciário nas áreas de Operação de Computadores (6) e Programação de Sistemas (2), com formação de médio/técnico. Segundo o TRE-PR, uma das oportunidades para técnico será reservada a candidatos com deficiência. A remuneração atual é entre R$5.699,91 e R$8.871,15, já acrescida do auxílio-alimentação, de R$751,96. Os servidores poderão contar ainda com auxílio-creche de R$594,15, caso tenham filhos de até seis anos de idade.

Seleção anterior
O último concurso para estes mesmos cargos foi realizado em 2009, pelo Cespe/UnB. Foram oferecidas, na ocasião, 29 vagas e cadastro de reserva, com carga de trabalho de 20 e 40 horas semanais. A seleção ocorreu por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Foram cobradas 40 questões de Conhecimentos Básicos e 80 de Conhecimentos Específicos. A seleção teve validade de dois anos e foi prorrogada por mais dois, prazo que expirou em 18 de março deste ano.

Com informações da Folha Dirigida.




Banco do Brasil: Interessados devem iniciar estudos, diz especialista


via Byline

Uma das evidências de que o Banco do Brasil (BB) planeja concursos para escriturário em 2015 foi a informação de que voltará a cobrar Inglês em suas provas, o que não ocorria desde 2003. Além disso, as últimas seleções da empresa terão o prazo de validade encerrado, o que obriga o BB a realizar novos concursos, para manter o cadastro de reserva válido. Com esse cenário, portanto, quem sonha com uma vaga no Banco do Brasil já deve iniciar a preparação.

O especialista em concursos Carlos Guerra afirma que o estudo com antecedência para seleções tão concorridas, como a do BB, é fundamental para alcançar aprovação. Ele ressaltou que essa consciência por parte dos futuros candidatos é de extrema valia.

"Existem dois grupos de concurseiros. O primeiro é composto por aqueles que estão estudando para fazer as provas agora em novembro ou dezembro, como é o caso do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e da Petrobrás, por exemplo. O segundo é formado por quem fará as provas em 2015 e, com certeza, deve estar com a preparação em dia, afinal, não falta muito tempo para o próximo ano. Na verdade, restam apenas pouco mais de dois meses", assinalou.

Guerra orientou ainda para o estudo, e acredita que neste momento inicial da seleção, quando o banco ainda não divulgou o edital e sequer informou a organizadora, o ideal é basear-se nos concursos já realizados. "No caso do Banco do Brasil, não faltam provas anteriores. Essas avaliações devem ser muito bem estudadas e, apesar de o Inglês voltar a ser cobrado e mudanças ocorrerem na estrutura do concurso, 70% ou 80% será semelhante. "

No Rio de Janeiro, o concurso de escriturário realizado em 2013 terá o prazo expirado em 26 de setembro de 2015, e a empresa tem o costume de publicar o edital três meses antes do vencimento do último concurso, o que faz ser possível a divulgação de um novo edital para a cidade em junho ou julho.


Outra seleção seria para as regiões Norte, Nordeste e Sul (estados do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe), já que o prazo de validade vence em 16 de abril de 2015 e o novo edital poderá ser publicado em meados de janeiro. Além disso, o BB tem um contrato de cinco anos com a Fundação Cesgranrio, o que confirma a instituição como organizadora dos próximos concursos.

Fonte: Folha Dirigida





Inmetro: Contrato assinado com organizador. Edital a qualquer momento!


via Byline

Inmetro: Contrato assinado com Idecan. Edital a qualquer momento!

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) assinou o contrato com o organizador, o Idecan. O documento já foi devolvido à autarquia, que também já assinou, de acordo com o responsável pela Coordenação-Geral de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Cogep), Paulo Roberto Rodrigues. A expectativa agora é que o extrato do contrato seja publicado nos próximos dias no Diário Oficial da União (DOU), possibilitando que os editais sejam divulgados na sequência.

– O cronograma, segundo o coordenador do Inmetro, ainda não foi fechado, o que deverá ocorrer até a próxima sexta-feira, dia 31. Com isso, é bem possível que as normas do certame sejam publicadas na primeira semana de novembro.

Detalhes

No primeiro edital haverá 39 vagas para analista executivo em metrologia e qualidade e 19 para assistente executivo em metrologia e qualidade; o segundo apresentará 11 postos para pesquisador-tecnologista em metrologia e qualidade e nove para técnico em metrologia e qualidade; por fim, o terceiro contemplará duas oportunidades para especialista em metrologia e qualidade sênior.
Ensino médio completo será imprescindível para concorrer aos empregos de assistente e técnico. Diploma de graduação habilitará a participação nas funções de analista e pesquisador. Já a colocação necessitará de doutorado há pelo menos dez anos. As remunerações serão de R$ 4.845,71 para técnico e assistente; de R$ 8.886,71 para analista e pesquisador; e de R$ 16.512,79 para especialista. O processo seletivo constará de provas objetivas, testes discursivos, análise de títulos, experiência profissional e curso de formação.

Confira aqui o release da assessoria de imprensa do Inmetro p/o Gran Cursos.

Gostou desta oportunidade ? Prepare-se com a única escola preparatória que conta com 25 anos de tradição e mais de 550.000 aprovados em concursos públicos.

Cursos Online – O mais tradicional curso do país, agora no conforto de sua casa.

Apostilas preparatórias -Material didático direcionado, escrito pelos professores do Gran Cursos.

 

The post Inmetro: Contrato assinado com organizador. Edital a qualquer momento! appeared first on Gran Cursos Blog - O portal do concurseiro.




Saiu o edital: Prefeitura de Guarulhos-SP


via Byline

Prefeitura de GuarulhosA Prefeitura de Guarulhos lançou edital para o preenchimento de  37 oportunidades de nível superior.

Os cargos oferecidos são para professor e supervisor escolar.

Salários

Os salários oferecidos variam entre R$ 2.009,29 a R$ 5.732,73 de acordo com o cargo escolhido. É oferecido também o benefício de vale alimentação no valor de R$ 396 mensais.

Cronograma 

As inscrições são aceitas pelo site da IBAM, a banca organizadora do concurso, até o dia 18 de novembro. As taxas de inscrição variam de R$ 59 a R$ 87, de acordo com o cargo escolhido.

Provas

As provas estão programadas para aplicação no dia 14 de dezembro na cidade de Guarulhos. A validade deste concurso é de 2 anos.

Compre os produtos da Nova

A Nova Concursos está analisando a possibilidade de produzir material para esse concurso. Enquanto esta apostila não fica pronta, Clique Aqui e confira outras oportunidades em nosso site!

Compre as Apostilas para o seu Concurso Público direto com a Editora Nova e parcele no cartão de crédito em até 6 x sem juros!

Para ficar por dentro das últimas novidades, acesse o facebook da Nova Concursos e compre apostilas direto com a Editora Nova! Não deixe de seguir nosso Google Plus e confira nosso Canal no Youtube!

Gostou? Não deixe de votar abaixo!




Sefaz Salvador reabre as inscrições de concurso com 90 vagas


via Byline

sefaz salvadorA Secretaria Municipal da Fazenda de Salvador (Sefaz), no Estado da Bahia, reabriu as inscrições do concurso público com 90 vagas de nível superior nos cargos de Auditor Fiscal, Analista Fazendário e Auditor Interno. Remuneração de até R$ 16.821,09.

As inscrições estão abertas e devem ser feitas até este domingo, dia 2 de novembro de 2014, pelo site da organizadora, a Funcab: www.funcab.org. A taxa é de R$ 48.

Também foi reaberto prazo para o envio do laudo médico, que deve ser feito até o dia 03/11/2014.

Cargos e vagas

As 90 vagas estão distribuídas entre os seguintes cargos de nível superior:

- 44 para o cargo de Analista Fazendário na área de Administração Tributária.
Remuneração de até R$ 13.300,80. Requisito: Curso Superior em Administração, Economia, Ciências Contábeis, Direito, Informática, Análise de Sistemas, Processamento de Dados, Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Arquitetura, Engenharia, Estatística ou Matemática, com registro no Conselho Regional quando exigido em Legislação Federal.

- 2 para o cargo de Analista Fazendário na área de Imobiliária.
Remuneração de até R$ 13.300,80. Requisito: Curso Superior em Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura ou Arquitetura, com registro no Conselho Regional quando exigido em Legislação Federal.

- 37 para Auditor Fiscal, sendo 25 na área de Administração Tributária e 12 em Tecnologia da Informação.
Remuneração de até R$ 16.821,09. Requisito: Curso Superior completo em Administração, Economia, Ciências Contábeis, Direito, Informática, Análise de Sistemas, Processamento de Dados, Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Arquitetura, Engenharia, Estatística ou Matemática, com registro no Conselho Regional quando exigido em Legislação Federal.

- 7 para Auditor Interno.
Remuneração de até R$ 15.535,31. Requisitos: Curso Superior completo em Administração; Arquitetura, Ciências Contábeis, Economia, Engenharia, Estatística, Direito ou Informática com registro no Conselho Regional quando exigido em Legislação Federal e curso de Formação em Auditoria.

Prepare-se para conquistar uma vaga no concurso da Sefaz Salvador. Clique aqui e confira os cursos do Aprova Concursos!
Para mais informações sobre os cursos preparatórios para este concurso, ligue: 0800 606 8889

Etapas

A seleção será feita a partir Provas Objetiva e Discursiva, de caráter classificatório e eliminatório, para todos os cargos.

As provas serão aplicadas na cidade do Salvador/BA nos dias 16/11 para os candidatos aos cargos de Analista Fiscal e no dia 23/11 para os candidatos aos cargos de Analista Fazendário e Auditor Interno.

As informações sobre os locais e os horários de aplicação das provas serão divulgadas no site da organizadora até cinco dias da data de sua realização.

Contato com a banca organizadora

Os candidatos poderão obter informações gerais referentes ao Concurso Público através do site www.funcab.org ou por meio dos telefones (21) 2621-0966 – Rio de Janeiro e (71) 4062-9598, ou pelo e-mail concursos@funcab.org.

Validade

O prazo de validade do presente Concurso Público é de 2 anos, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período.

Informações sobre o concurso da Sefaz Salvador/BA

  • Inscrições: 16/09 a 19/10/2014 23/10 a 02/11
  • Cargo: Auditor Fiscal e Internos e  Analista Fazendário
  • Salário: até R$ 16.821,09.
  • Taxa de Inscrição: R$ 48
  • Número de vagas: 90
  • Data da prova: 16 e 23/11/2014
  • Nível: superior
  • Edital: Funcab

 

O post Sefaz Salvador reabre as inscrições de concurso com 90 vagas apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.




Concurso SEFAZ-BA 2014 está com as inscrições abertas


via Byline

      Visando atender às demandas da administração pública, a Secretaria da Fazenda (SEFAZ) vinculada à Prefeitura Municipal do Salvador, no estado da Bahia, está com inscrições reabertas para seu concurso público. O edital 01/2014/SEMGE visa ao preenchimento de 90 vagas mais formação de cadastro de reserva em diferentes cargos: Analista Fazendário, Auditor Interno e Auditor […]

Concurso SEFAZ-BA 2014 está com as inscrições abertas: Concursos Atuais




IFAM abre 487 vagas para todos os níveis


via Byline

ifamO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM) abriu concurso para preencher 487 vagas em cargos de Professor (para Ensino Básico, Técnico e Tecnológico) e Técnico-Administrativo (níveis fundamental, médio e superior).

Vagas
No edital n° 07/2014 são ofertadas 184 vagas para professores com vencimento básico inicial de R$ 3.804,29 para jornada de 40 horas semanais (dedicação exclusiva) e R$ 1.966,67 para 20 horas semanais.
As vagas estão distribuídas nas áreas de Administração, Agricultura, Agrimensura, Agroecologia/ Ecologia, Agronomia/Ciências Agrárias, Antropologia/Sociologia, Biologia, Construção Civil, Contabilidade, Desenho Técnico, Direito, Economia, Educação Escolar Indígena, Educação Física, Eletrotécnica, Enfermagem, Estatística, Estrutura dos Materiais, Filosofia, Física, Geografia, Gestão Pública, História, Informática, Infraestrutura Rural, Letras/ Língua Portuguesa, Língua Brasileira de Sinais/ Libras, Língua Estrangeira/ Espanhol, Língua Estrangeira/ Inglês, Linguística, Matemática, Materiais de Construção e Processos Construtivos, Mecânica, Meio Ambiente, Metodologia Científica, Processamento de Alimentos, Psicologia, Química, Recursos Pesqueiros, Secretariado, Tecnologia em Alimentos e Zootecnia.

As 303 vagas para área administrativa estão no edital n° 08/2014, a jornada é 40 horas semanais e elas são divididas entre as classes C, D e E conforme abaixo:

  • Classe C: o salário inicial é de R$ 1.640,34 + auxílios + incentivos conforme Leis 11.091/05 e 8.112/90. São 26 vagas para o cargo de Assistente de Alunos (ensino médio), 07 vagas para Auxiliar de Biblioteca (ensino fundamental) e 01 para Auxiliar em Administração (ensino fundamental).
  • Classe D: a remuneração inicial é de R$ 2.039,89 + auxílios + incentivos conforme Leis 11.091/05 e 8.112/90. São 34 vagas para ensino médio como Assistente em Administração; e Técnico com ensino médio/técnico são 25 vagas para Laboratório; 16 de Tecnologia da Informação; 10 de Agropecuária; 09 para Arquivo; 03 de Audiovisual; 15 para Contabilidade; 04 para Edificações; 02 em Eletrotécnica; 09 de Enfermagem; 01 de Mecânica; 06 de Secretariado; 03 de Segurança do Trabalho e 04 para Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais.
  • Classe E: as vagas exigem nível superior completo e oferecem salário inicial de R$ 3.392,42 + auxílios + incentivos conforme Leis 11.091/05 e 8.112/90. A jornada é de 40 horas semanais ou diferenciada conforme legislação específica. Há 07 vagas para Administrador; 08 de Analista de Tecnologia da Informação; 01 para Arquiteto; 11 de Assistente Social; 01 para Auditor; 13 de Bibliotecário; 10 de Contador; 01 para Economista; 12 de Enfermeiro; 03 para Engenheiro Agrônomo; 12 de Engenheiro Civil; 01 para Engenheiro Elétrico; 02 para Engenheiro da Pesca; 01 para Estatístico; 01 para Médico (clínico geral); 06 para Médico Veterinário; 07 de Nutricionista; 01 de Odontólogo; 06 para Pedagogo; 01 para Programador Visual; 09 de Psicólogo; 07 para Secretário Executivo; 01 de Técnicos em Assuntos Educacionais e 06 para Tecnólogo da área de Informática.

Inscrições
As inscrições estão abertas até o dia 09 de novembro de 2014 pelo site da Funcab (ww5.funcab.org). A taxa custa R$ 100,00 para o cargo de Professor e para os cargos Técnicos Administrativos vai de R$ 60,00 a R$ 100,00.

Prova
A prova objetiva será realizada na data provável de 07 de dezembro de 2014 para todos os cargos. Para o cargo de Professor e as vagas de nível superior haverá ainda prova de desempenho didático e avaliação de títulos, além de prova prática para alguns cargos.Os locais de prova serão divulgados no dia 01 de dezembro. O gabarito provisório será disponibilizado no dia 09 de dezembro de 2014 (a partir das 12 horas). O prazo de validade do concurso é de um ano, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a partir da homologação do resultado final.

Informações sobre o concurso do CRF 9
• Inscrições: 15/10/2014 até 09/11/2014
• Cargo: diversos
• Vagas: 487
• Salários: R$ 1.640,34 a R$ 3.804,29
• Taxa de Inscrição: R$ 60,00 a R$ 100,00
• Prova: 07/12/2014
• Nível: fundamental, médio e superior
• Edital: Funcab

ESTUDE PARA ESTE CONCURSO COM O APROVA CONCURSOS
Para mais informações sobre o curso preparatório para este concurso, ligue: 0800 606 8889.

O post IFAM abre 487 vagas para todos os níveis apareceu primeiro em Blog Aprova Concursos.




Servidor público só tem direito a remuneração após tomar posse do cargo


via Byline


Consultor Jurídico     -     28/10/2014




A Administração Pública não pode ser obrigada a indenizar candidato nomeado por força de decisão judicial pelo período em que ele não ocupou o cargo público enquanto o caso ainda era julgado. Assim ficou entendido pelos ministros Luís Roberto Barroso e Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, no julgamento do Recurso Extraordinário 724.347, proposto pela Advocacia-Geral da União contra sentença do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. O julgamento foi suspenso após pedido de vista do ministro Teori Zavascki.

No caso, o TRF-1 decidiu que 10 nomeados para o cargo de fiscal da Receita Federal na década de 1990 teriam direito a ressarcimento equivalente à remuneração que teriam recebido no período entre a data de conclusão do concurso e a efetiva posse determinada pela Justiça. Como o STF reconheceu a repercussão geral do tema, a decisão da corte sobre o assunto vai valer para todos os casos semelhantes que estejam sob análise do Poder Judiciário.

Segundo a AGU, determinar que os órgãos públicos paguem aos servidores o valor equivalente aos salários que teriam recebido durante o tempo em que o caso ficou sob análise do Poder Judiciário causaria enriquecimento sem causa, uma vez que não houve, no período, prestação de serviços, ou seja, o servidor não trabalhou para fazer jus à remuneração. De acordo com a Secretária-Geral de Contencioso da AGU, Grace Maria Fernandes, não é possível falar em contrapartida remuneratória se o servidor não estava em exercício. "Não há dever do poder público de efetuar o pagamento sem que se tenha uma prestação de serviços. Se é disso que se trata, se está diante, na verdade, de um enriquecimento sem causa", argumentou Grace em sustentação oral durante a sessão.

Concurso de 1991
O caso específico que o Supremo começou a julgar nesta quinta-feira (23/10) envolve um concurso de 1991 da Receita Federal no qual foram nomeados inicialmente 500 candidatos, conforme previsto em edital. Outros mil aprovados foram chamados pelo órgão no ano seguinte, de acordo com autorização do artigo 56 da Lei 8.541/1992. Em 1994, como a validade do certame já havia expirado, a Receita abriu seleção para contratar mais 800 servidores, mas 10 candidatos que não haviam ficado nem entre os 1,5 mil convocados no primeiro concurso obtiveram, na Justiça, o direito de serem nomeados junto com os novos aprovados.

Segundo a AGU, a Administração Pública afrontaria o princípio da legalidade se convocasse qualquer candidato do primeiro certame depois do vencimento do prazo de validade do concurso. "Não se tinha nenhuma autorização legal para que esses candidatos aprovados no primeiro certame pudessem ser convocados para um segundo concurso", observou Grace Mendonça.

Ainda assim, a secretária-geral de Contencioso apontou aos ministros que, assim que a Justiça determinou a posse dos candidatos, em 1996 e 1997, as sentenças foram cumpridas. "De nomeação tardia não se trata. Para que fosse tardia, teria que estar configurado um atraso e aqui não havia nenhuma lei que determinasse a nomeação e também não havia nenhuma decisão judicial que desse efetivamente a posse. Essa determinação só veio com o trânsito julgado. Portanto, não teria o poder público o dever legal de nomear e dar a posse antes", esclareceu.

O ministro relator, Marco Aurélio, votou, no entanto, por rejeitar o recurso da AGU e condenar o poder público a indenizar os servidores, no que foi acompanhado pelo ministro Luiz Fux. Os ministros Luís Roberto Barroso e Dias Toffoli, por outro lado, acataram o recurso da AGU antes que um pedido de vista do ministro Teori Zavascki suspendesse o julgamento.


Com informações da Assessoria de Imprensa da AGU.





Senado Federal: Expectativas voltadas para um novo concurso!


via Byline

Senado Federal: Contagem regressiva para um novo concurso!

Apertem os cintos concurseiros! Tudo indica que o tão aguardado concurso do Senado Federal deve está mais próximo do que você imagina. Isso porque, o prazo de validade da última seleção terminou. Os altos vencimentos e a quantidade de benefícios fazem do concurso do Senado um dos mais esperados e concorridos pelos concurseiros de plantão. 

Assim, já é recomendável que os interessados na estabilidade e nos altos salários do Senado comecem a se preparar. Além da remuneração incrivelmente atrativa (R$ 25 mil), a Casa contabiliza muitas aposentadorias – 400 somente este ano e mais 1.057 até 2015, o que deve aumentar o número de aprovados que serão aproveitados para repor os quadros.

- Além de um aproveitamento significativo de aprovados, os vencimentos são atrativos diferenciados para a casa legislativa. Além das gratificações que aumentam o valor: de atividade legislativa, de representação e de desempenho. A remuneração dos servidores vai de R$ 13.833,64 a R$ 23.826,57.

Detalhes: 

  • Instituição: Senado Federal
  • Remuneração: de R$ 13.833,64 a R$ 23.826,57
  • Região: Nacional
  • Escolaridade: Médio, Superior
  • Área: Fiscal, Judiciária, Administrativa, Outras…

Dicas!

- Não espere o edital ser publicado. Intensifique agora mesmo os estudos! Comece pelas matérias básicas (língua portuguesa, inglês ou espanhol, noções de informática em alguns cargos e conhecimentos gerais). Estas matérias pedem uma dedicação maior, especialmente agora, quando o edital ainda não foi divulgado.

- A concentração maior de energia deve sem nas matérias ligadas às atividades do Senado como direito constitucional, direito administrativo, Lei 8.112/1990, Regimento Interno do Senado, Regimento Comum (do Congresso). Domine também a disciplina de Língua Portuguesa. 

Observação: Após a publicação do edital, as prioridades podem ter que ser reavaliadas. Podem existir mudanças na cobrança de conteúdos e atualizações importantes. 

Última seleção

O último concurso do Senado Federal foi em 2011. Foram oferecidas 246 vagas abertas, distribuídas entre cargos de Consultor Legislativo, Analista Legislativo e Técnico Legislativo, com vencimentos de até R$ 23.826,57. Organização do concurso ficou a cargo da Fundação Getúlio Vargas(FGV), que publicou um edital para cada cargo a ser preenchido. Do total de oportunidades, 5% foram destinadas aos portadores de deficiência.

Cargos:

- Técnico Legislativo

Para Técnicos as áreas contempladas foram: Apoio Técnico ao Processo Legislativo; Apoio Técnico-Administrativo; Saúde e Assistência Social; Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico; e Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico. A remuneração inicial de todas as áreas/especialidades é de R$ 13.833,64, para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

- Policial Legislativo

O cargo de Policial Legislativo também compõe a carreira de Técnico legislativo, tendo como requisito o nível médio completo certificado por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. A  remuneração inicial é de R$ 13.833,64, para jornada de 40 horas semanais.

Para este cargo foram aplicadas Provas Escritas Objetivas de Múltipla Escolha e Provas Escritas Discursivas,  Prova de Aptidão Física, Avaliação Psicológica; Investigação Social Documental; e Curso de Formação. 

- Consultor Legislativo

O concurso público para Consultor contou três etapas: Provas Escritas Objetivas de Múltipla Escolha, Provas Escritas Discursivas e Avaliação de Títulos. A remuneração inicial de todas as áreas/especialidades/subáreas é de R$ 23.826,57,  para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Analista Legislativo

As áreas contempladas para Analista Legislativo foram: Apoio Técnico ao Processo Legislativo, Apoio Técnico-Administrativo, Controle Interno, Saúde e Assistência Social, Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico, Redação e Revisão de Textos Gráficos, Comunicação Social e Tecnologia da Informação. A remuneração inicial do cargo de Analista Legislativo, em todas as áreas/especialidades/ subáreas, é de R$ 18.440,64, para jornada de 40 horas semanais.

Detalhes: 

  • Banca Examinadora: FGV
  • Total de Vagas: 246 vagas imediatas
  • Remuneração: de R$ 13.833,64 a R$ 23.826,57
  • Taxa de Inscrição: de R$ 180,00 a R$ 200,00
  • Datas de Inscrição: de 26/12/2011 a 05/02/2012
  • Data da Prova: 11/03/2012
  • Região: Nacional
  • Escolaridade: Médio, Superior
  • Área: Fiscal, Judiciária, Administrativa, Outras…

Comece agora mesmo a se preparar! Venha estudar no Gran Cursos. Confira nossos cursos Online.

Gran Sucesso! 

The post Senado Federal: Expectativas voltadas para um novo concurso! appeared first on Gran Cursos Blog - O portal do concurseiro.




Poder Judiciário de Santa Catarina: FGV é o organizador! Edital mais próximo!


via Byline

TJ-SC

O Tribunal de Santa Catarina (TJ/SC) divulgou no diário de justiça eletrônico do órgão  desta quarta-feria, dia 24, o extrato de dispensa de licitação definindo a Fundação Getúlio Vargas (FGV) como banca organizadora da seleção do quadro de pessoal do poder judiciário do estado. A expectativa é de que o edital seja publicado até dezembro.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) selecionará 32 profissionais e formará cadastros de reserva para o quadro de pessoal efetivo do Judiciário. Ainda não se te maiores detalhes em relação aos cargos.

 

Confira a dispensa

 

FGV - SC

 Participe de nosso grupo de estudos para o Estado de SC no Facebook

 

The post Poder Judiciário de Santa Catarina: FGV é o organizador! Edital mais próximo! appeared first on Gran Cursos Blog - O portal do concurseiro.




Justiça suspende concurso com 600 vagas para agente da Polícia Federal


via Byline

agO concurso da Polícia Federal para 600 vagas de agente foi suspenso nesta segunda-feira (27). De acordo com o comunicado do Cespe/UnB, o concurso foi suspenso em cumprimento à decisão proferida nos autos da Ação Civil Pública n.º 2002.38.03.000070-8/1ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Uberlândia (MG). A decisão atendeu ao pedido do Ministério Público Federal (MPF), que informou que o edital reserva as vagas para as pessoas com deficiência, mas que "na prática, frustra a concretização desse direito, uma vez que está explicito nas disposições que não haverá adaptação do exame de aptidão física, do exame médico, da avaliação psicológica ou do Curso de Formação Profissional às condições do candidato, com deficiência física ou não". O Cespe/UnB não informou quando o concurso deve ser retomado. O concurso ofereceu 600 vagas de agente de Polícia Federal. O salário é de R$ 7.514,33. As inscrições foram encerradas no último domingo (26).




SÚMULAS E OJ’s COM RENZETTI: Honorários Advocatícios | Prof. Rogério Renzetti


via Byline

Olá, galerinha!

No vídeo dessa semana, o Professor Rogério Renzetti comenta a Súmula 219 de TST que trata dos HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. É tema certo na sua prova, por isso, fique atento!

Vamos ler a Súmula?

SÚMULA 219 - TST
HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. HIPÓTESE DE CABIMENTO (nova redação do item II e inserido o item III à redação) - Res. 174/2011, DEJT divulgado em 27, 30 e 31.05.2011

I - Na Justiça do Trabalho, a condenação ao pagamento de honorários advocatícios, nunca superiores a 15% (quinze por cento), não decorre pura e simplesmente da sucumbência, devendo a parte estar assistida por sindicato da categoria profissional e comprovar a percepção de salário inferior ao dobro do salário mínimo ou encontrar-se em situação econômica que não lhe permita demandar sem prejuízo do próprio sustento ou da respectiva família. (ex-Súmula nº 219 - Res. 14/1985, DJ 26.09.1985)

II - É cabível a condenação ao pagamento de honorários advocatícios em ação rescisória no processo trabalhista.

III - São devidos os honorários advocatícios nas causas em que o ente sindical figure como substituto processual e nas lides que não derivem da relação de emprego.

Agora que já lemos a Súmula, vamos conferir os comentários do Professor Rogério Renzetti:




Eu Já Passei I Conheça a história do Alex Melo de Oliveira


via Byline

Meu nome é Alex Melo de Oliveira, faço 27 anos mês que vem. Natural de Gurupi-TO, moro a 04 meses em Florianópolis-SC, sou Analista do Seguro Social com formação em Administração no INSS. Aprendi ainda muito cedo a importância do trabalho, tendo que me virar desde criança se quisesse conquistar alguma coisa. Sou de família muito simples, meu pai lavrador e minha mãe auxiliar de serviços gerais, éramos desprovidos de muitos recursos financeiros, meus pais conseguiam apenas o suficiente para manter uma família de 04 filhos. Hoje as coisas estão melhores, mas, apesar de nunca ter faltado o mínimo, já passamos algumas dificuldades, só que graças a Deus nunca nos faltou motivação para conquistar um lugar ao sol. Inicio com esse resumo da minha vida pessoal porquê sei que pode motivar e influenciar muitas pessoas a seguir em frente e não desistir jamais de seus sonhos, e para mostrar que quando se nasce pobre, o estudo é o maior ato de rebeldia contra o sistema. Minha história se confunde com a de muitos guerreiros que existem nesse Brasil afora, principalmente para quem resolveu se aventurar no mundo dos concursos públicos.

Em 2005, com 17 anos, se aproximando a formação no ensino médio, me vi em um grande dilema: o que fazer da minha vida a partir dali. De família humilde eu só tinha uma certeza, que era procurar um emprego pra sustentar os caprichos da juventude, que pra mim não eram tantas, e tentar pagar as mensalidades de um curso superior, pois meus pais não tinham condição de me manter. Pra continuar minha formação eu tinha a opção da Universidade Federal do Tocantins (UFT), que tem um Campus na minha cidade, porém os cursos são integrais, daí não tinha como trabalhar. Então, foi o jeito procurar emprego. Nessa época eu era estagiário secundarista em um Centro Universitário na minha cidade, a Universidade Regional de Gurupi (UnirG), uma autarquia fundacional daquele município. Foi nessa instituição que começou minha história com os concursos públicos.

Na ânsia de arrumar um emprego eu estava topando tudo que aparecesse. Até que repercutiu a notícia do concurso da polícia militar do meu estado (Tocantins), sem muito conhecimento resolvi me inscrever, logo após saiu o edital do concurso da UnirG, e como eu já estava lá como estagiário, me inscrevi, e na sequência saiu também o concurso da Universidade Federal do Tocantins. E lá estava eu, 17 anos, ainda no ensino médio, inscrito em três concursos. Não estudei pra nenhum, não tinha muito o dom de estudar, até ali eu estudava o necessário para obter a média da aprovação nas disciplinas, porém sempre tive facilidade em aprender, assim, pelo menos grande parte dos conhecimentos básicos desses três concursos eram coisas que eu estava vendo no ensino médio. Fiz os três concursos e no da UFT e PM fui um fracasso total.


No concurso da UnirG eram duas fases, prova objetiva e prova prática de conhecimentos de informática. De 40 questões eram necessárias acertar 20 para seguir para a próxima fase, acertei 19 no gabarito preliminar, estava eliminado. Porém, ao sair o gabarito oficial, foi anulada uma que eu tinha errado, fui pra 20, ufa! Segui para a próxima fase. Para ser aprovado no concurso era necessário obter 60 pontos na prova prática, fiz 62,5. Assim, com 17 anos passei no meu primeiro concurso, Assistente Administrativo no Centro Universitário UnirG, Autarquia Fundacional do município de Gurupi-TO, onde permaneci por mais de 08 anos.

Fui nomeado em maio de 2006, já com 18 anos, assim, empregado e servidor público, prestei vestibular para Administração na mesma instituição em que eu trabalhava, o que facilitou, servidor tinha desconto de 50% nas mensalidades. Dessa forma, de agosto de 2006 a junho de 2010 me dediquei ao curso superior, não pretendia sair da UnirG naquele momento, pois ali, além de eu está estudando, ainda tinha a bolsa nos estudos. Nesse período prestei alguns concursos, dentre eles MPU, Banco do Brasil, BASA, Caixa, Liquigás, Polícia Civil, alguns concursos estaduais e outros municipais, mas sem êxito, até porquê estava sem tempo para me dedicar a concursos.

Minha motivação para prestar concursos públicos – além do crescimento profissional e material, da possibilidade de ajudar minha família, da estabilidade – veio também do relacionamento que tive com muitos colegas de trabalho na UnirG, era um ambiente que, por ser um ambiente acadêmico, tinham pessoas que não se contentavam com a situação, sempre buscando mais, almejando novos rumos, novas conquistas. Muitos ali passaram em concursos ótimos. Um ambiente que respira concurso. E como somos influenciados pelo meio, acabei entrando na onda.

Assim, quando terminei a graduação, resolvi que tinha que buscar novos rumos, então comecei a prestar concurso pra valer, foram muitos, mas não estava me dedicando o necessário, então tive muitas reprovações. Em 2011 fui aprovado para Atende Comercial nos Correios e a para Analista de Recursos Humanos da Prefeitura de Guaraí-TO, optei por não assumir nenhum dos dois, pois não era o meu foco.

Ano de 2012 foi marcante pra mim, foi o ano em que tiveram muitos concursos visados em meu estado: Quadro Geral da Secretaria da Administração (SECAD), Defensoria Pública, Ministério Público, entre outros. Resolvi que ia focar em dois, SECAD e Defensoria Pública. Nos dois bati na trave: SECAD fui eliminado por critério de desempate e Defensoria Pública fiquei em 2º de apenas uma vaga. Mas não baixei a cabeça, afinal, você não faz concurso para passar, mas faz até passar. Resolvi que tinha que intensificar os estudos, o que estava mais complicado, pois arrumei um emprego para trabalhar a noite, como tutor na Unopar. Então me desdobrei para trabalhar em dois empregos e ainda estudar pra concurso, a rotina era a seguinte: horário comercial trabalho na UnirG, das 18:00 as 22:00 na Unopar, e de madrugada estudava das 22:30 até as 2 ou 3 da manhã, dependendo do meu ânimo. Ou seja, estava dormindo apenas 4 ou 5 horas por dia. Tinha que passar logo, pois estava puxado. Foi nessa época que conheci o Eu Vou Passar, por indicação de uma amiga, e digo, é a melhor escola preparatória para concurso no Brasil, ótimos professores, ótimas condições e ótimos serviços prestados. O Eu Vou Passar tem uma parcela significante na construção de meus conhecimentos na área de concurso público.

O dia 17 de novembro de 2012 marcou minha vida. Era sábado, estava me dirigindo a Palmas-TO, em uma motocicleta para prestar um concurso, Analista do MPOG, quando me acidentei. Fraturei a bacia, fiquei alguns dias internado, tive que passar por um procedimento cirúrgico. Desse acidente resultou uma sequela na minha perna esquerda. Passei a prestar concurso na condição de PNE. Facilitou na concorrência, mas nunca vi como algo bom, continuei na mesma dedicação, pois ninguém quer ter uma sequela, e sempre aprendi a tornar em positivas as coisas negativas que vem em minha vida.

Então de 2013 até a atualidade tenho sido aprovado em alguns concursos, ora na Ampla Concorrência ora como PNE, um deles é o de Analista do Seguro Social, no INSS, do qual estou exercendo agora. Pretendo dar mais alguns voos, então continuo estudando e contando com o material do Eu Vou Passar. Geralmente estudo também em livros especificamente voltados para concurso, tem uma didática fácil de compreender, respondo questões de provas anteriores e faço resumos, mas as videoaulas do EVP são essenciais. Posteriormente pretendo também me graduar em Direito, área que aprendi a amar estudando pra concurso. Segue uma lista dos concursos que fui aprovado e classificado:

Ano: 2005
Órgão: Centro Universitário UnirG
Cargo: Assistente Administrativo
Situação: Aprovado e nomeado (exerci por 8 anos e 2 meses)
Posição: 178º

Ano: 2007
Órgão: Liquigás
Cargo: Agente Administrativo
Situação: Classificado
Posição: 16º

Ano: 2008
Órgão: Caixa Econômica Federal
Cargo: Técnico Bancário
Situação: Classificado
Posição: 215º

Ano: 2010
Órgão: Prefeitura Municipal de Guaraí-TO
Cargo: Analista de Recursos Humanos
Situação: Aprovado e nomeado
Posição: 1º

Ano: 2011
Órgão: Correios
Cargo: Atendente Comercial
Situação: Aprovado e nomeado
Posição: 9º

Ano: 2012
Órgão: Defensoria Pública do Estado do Tocantins
Cargo: Analista de Defensoria – Administrador
Situação: Classificado
Posição: 2º

Ano: 2013
Órgão: Ministério da Saúde
Cargo: Administrador
Situação: Aprovado e nomeado
Posição: 10º (PNE)

Ano: 2014
Órgão: Polícia Federal
Cargo: Agente Administrativo de Polícia Federal
Situação: Aprovado e nomeado
Posição: 1º (PNE)

Ano: 2014
Órgão: Ministério da Fazenda
Cargo: Assistente Técnico Administrativo
Situação: Classificado
Posição: 2º

Ano: 2014
Órgão: Banco do Brasil
Cargo: Escriturário
Situação: Aprovado e nomeado
Posição: 4º AC, 1º PNE

Ano: 2014
Órgão: Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Tocantins
Cargo: Administrador
Situação: Classificado
Posição: 1º PNE

Ano: 2014
Órgão: Universidade Federal do Tocantins
Cargo: Assistente Administrativo
Situação: Aprovado e nomeado
Posição: 2º AC, 1º PNE

Ano: 2014
Órgão: Universidade Federal do Tocantins
Cargo: Administrador
Situação: Aprovado e nomeado
Posição: 3º

 Ano: 2014
Órgão: Instituto Nacional do Seguro Social
Cargo: Analista do Seguro Social – Administrador
Situação: Aprovado e nomeado (exercendo há 4 meses)
Posição: 26º AC, 1º PNE

E essa é a minha história, que não para por aqui, ainda pretendo passar noutros concursos. Não poderia ter chegado até aqui sem uma receita básica: ter fé em Deus, dedicação, persistência e humildade. Essas três características pode levar qualquer um ao sucesso.

"Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá." (Ayrton Senna).




TJ da Bahia abre inscrições


via Byline

Estão abertas as inscrições do concurso para o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). Os candidatos interessados devem realizar o cadastro até o dia 04 de dezembro, pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a banca responsável pelo certame. O valor da taxa varia de R$ 68 a R$ 85.

São oferecidas 200 vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva em cargos de nível médio e superior. A remuneração varia de R$ 3.091,21 a R$ 5.117,24, para jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Para nível médio, as vagas são destinadas a Técnico Judiciário nas áreas Judiciária, Administrativa e Tecnologia da Informação. Já para nível superior, há oportunidades para Analista Judiciário nas especialidades Judiciária - Direito; Administrativa; e Apoio Especializado nas áreas de Administração, Arquitetura, Assistência Social, Biblioteconomia, Jornalismo, Contabilidade, Economia, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Estatística, Medicina, Odontologia, Psicologia e Tecnologia da Informação.

O concurso constará de prova objetiva, prova discursiva para todos os cargos, além de avaliação de títulos para nível superior. As provas serão aplicadas em 25 de janeiro, nas cidades de Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Juazeiro, Porto Seguro, Salvador e Vitória da Conquista.

Serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados na prova objetiva em até 15 vezes o número total de vagas. A validade concurso é de dois anos, podendo ser prorrogada uma única vez, por igual período.

Mais informações sobre o concurso:

Veja também:




Senado aprova e promulga reajuste a policiais federais!


via Byline

Senado aprova e promulga reajuste a policiais federais!
No último dia antes de expirar, o Senado Federal aprovou a MP 650/2014, que prevê reajuste de 15,8% para agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal (PF), sob o olhar atento dos policiais que lotaram as galerias da Casa para pressionar. Além do aumento salarial, a MP altera as três carreiras, que passam a ser consideradas de nível superior. 
O mesmo reajuste já foi concedido a boa parte do funcionalismo federal desde 2013, progressivamente, de forma a chegar aos 15,8% em 2015. O acordo com a PF só foi firmado em meados deste ano, como forma de impedir paralisações no período da Copa do Mundo.Parcelas
A aprovação da MP garante aumento de 12% neste ano, complementado por mais 3,4% em 2015. A partir do próximo ano, o salário inicial dos agentes passará de R$11.879 para R$13.756. Os escrivães de primeira classe, que recebem R$ 9.468, ganharão R$10.965. A remuneração dos papiloscopistas federais será aumentada de R$ 7.514 para R$ 8.702.

Segundo o Executivo, o impacto orçamentário anual com o aumento da PF será de R$ 383,4 milhões. Os reajustes parciais (12%) que deverão ser concedidos ainda este ano aos servidores da PF, previstos pela MP, dependem da aprovação de créditos adicionais na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Na tarde de ontem, a Comissão Mista de Orçamento (CMO), que deveria analisar a matéria, não atingiu o quórum necessário para deliberações. A medida provisória foi aprovada no Senado sem alterações ao texto enviado pelo governo federal.

Concurso para agente está suspenso! Entenda!
Ei, concurseiro! Você realizou sua inscrição para participar do concurso da Polícia Federal, mas ficou desmotivado por causa da suspensão? Não se preocupe, pois além de mais tempo para estudar, saiba que o Senado Federal aprovou a MP 650/2014, que prevê reajuste de 15,8% para agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal (PF). Leia mais…

Cursos Específicos para a Polícia Federal – Prepare-se com quem mais aprova no país e conquiste a sua vaga. 

Cursos Online

Preparação Total Curso Teórico + Intensivão 5 em 1 – O mais completo para a sua aprovação

Curso Teórico Completo Mais de 500 videoaulas com quem mais aprova no país 

Intensivão 5 em 1 – Curso Inédito com exercícios para o Cespe/UNB, apostila direcionada, 2 simulados comentados em vídeo, redação discursiva e orientações para o TAF.

Cursos Presenciais Estude na estrutura que mais aprova, com especialistas no assunto

Apostila Preparatória específica para a PF Material didático direcionado, escrito pelos professores do Gran Cursos.

Quer ficar por dentro de todas as novidades deste concurso ? Então participe de nosso grupo de estudos no facebook.

http://www.grancursos.com.br/blog/promocao-dia-servidor-28-em-cursos-e-materiais-didaticos/

 

The post Senado aprova e promulga reajuste a policiais federais! appeared first on Gran Cursos Blog - O portal do concurseiro.




DPU: Editais previstos para o início de novembro. 2º e 3º graus


via Byline

Estão previstos para a primeira quinzena de novembro os editais dos concursos para defensor e para cargos de níveis médio e superior na área de apoio da Defensoria Pública da União (DPU). As informações são de que ambos os documentos serão divulgados simultaneamente, embora o Cespe/UnB, escolhido organizador dos dois certames, ainda aguarde ser oficializado no Diário Oficial da União (DOU) como organizador da seleção para a área de apoio. De acordo com uma fonte ligada ao órgão, o extrato do contrato já estaria para ser publicado, já que as partes estão prestes a resolver as pendências contratuais.
Visando a prover as 61 unidades distribuídas pelas capitais, a seleção tem como destaque as oportunidades para quem tem o ensino médio, no cargo de agente administrativo, cujos ganhos são de R$3.191,02. Já os graduados em qualquer área poderão concorrer à função de analista técnico administrativo, sendo abertas ainda chances nas especialidades de assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em Comunicação Social. Os ganhos para todos os graduados são de R$4.620,82, já incluindo R$373 de auxílio-alimentação.
No concurso para defensor, cujo contrato com o Cespe/UnB foi publicado no DOU no último dia 14, serão oferecidas 58 vagas para bacharéis em Direito, com três anos de prática forense. Os ganhos iniciais são de R$15.700. As inscrições serão aceitas por meio da página eletrônica do organizador, com taxas de R$70 para os candidatos a agente (nível médio), R$100 para os cargos de nível superior e R$180 para defensor.
Segundo especialistas, cujas dicas podem ser conferidas na FOLHA DIRIGIDA Online, os interessados podem basear seus estudos no edital do último concurso, também feito pelo Cespe/UnB, em 2010, para os mesmos cargos desta concorrência.


Fonte: Folha Dirigida




Recomposição dos Quadros de Auditor-Fiscal do Trabalho nos próximos 3 anos


via Byline

Pessoal, segue notícia recentemente disponibilizada pelo SINAT. Ela é excelente para aqueles que estão se preparando para este concurso ou estão pensando em estudar para a carreira!

Planejamento diz que vai recompor quadro da Auditoria-Fiscal nos próximos três anos

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MP emitiu, no dia 6 de outubro, a Nota Informativa nº 142,  em resposta à Notificação Recomendatória  da Procuradoria Regional do Trabalho de Itabuna (BA), que em julho passado sugeriu ao MP a abertura de concurso público para provimento dos mais de 800 cargos vagos de Auditor-Fiscal do Trabalho (documento de referência nº 003000.003339/2014-60). A manifestação do Planejamento responde também a Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público da 20ª Região, em Sergipe, que faz pedido semelhante.

Na Nota Informativa, o MP afirma que "A fim de compatibilizar o atendimento da demanda às disponibilidades orçamentárias da União e à capacidade de absorção dessa força de trabalho, optou o Poder Executivo Federal por escalonar o provimento das 847 vagas existentes nos próximos 3 anos". Entre os argumentos para justificar essa decisão, o MP cita a indisponibilidade orçamentária da União para absorver novos servidores e a incapacidade do próprio MTE para receber mais de 800 novos Auditores-Fiscais do Trabalho de uma só vez, o que implicaria em grandes esforços de estruturação e treinamento.

O documento do Planejamento também foi encaminhado ao MTE, para que a Pasta tome as providências que entender necessárias. Na avaliação do Sinait, o Ministério do Planejamento deu uma resposta pífia ao MPT e continua sem resolver um problema urgente da Auditoria-Fiscal do Trabalho, que é recompor seus quadros a fim de assegurar a saúde e segurança dos trabalhadores brasileiros.

Fonte: https://www.sinait.org.br/?r=site/noticiaView&id=10084, acesso em 29.10.2014.

Quem quiser acessar o teor da Nota Informativa nº 142, acesse pelo link abaixo:

http://goo.gl/RC4dxd

Nossos cursos para este concurso estão disponíveis no link abaixo

https://www.estrategiaconcursos.com.br/cursosPorConcurso/aft-auditor-fiscal-do-trabalho-11/

Se houver alguma dúvida ou esclarecimento, por favor, entre em contato:

ricardotorques@estrategiaconcursos.com.br

https://www.facebook.com/ricardo.s.torques

Um forte abraço e bons estudos a todos!

Professor Ricardo Torques

The post Recomposição dos Quadros de Auditor-Fiscal do Trabalho nos próximos 3 anos appeared first on Estratégia Concursos.




TJ-SC divulga contratação de banca organizadora para novo concurso público


via Byline

tjsc-novo-logoFoi divulgado no Diário da Justiça do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC) a escolha da Fundação Getúlio Vargas (FGV) como organizadora do novo concurso para o quadro de servidores. Segundo o extrato, que pode ser conferido abaixo, serão oferecidas 32 vagas para servidores efetivos, além da formação de cadastro de reserva, que poderá ser utilizado ao longo da validade da seleção. Segundo a Secretaria da Comissão de Concurso, os cargos não foram definidos e o contrato com a FGV deverá ser assinado nos próximos dias, o que aumenta a expectativa para a divulgação do edital. A data, entretanto, não foi informada.

Veja abaixo o extrato de dispensa de licitação publicado no Diário da Justiça Eletrônico n.º 1986 (24/10/2014) do Poder Judiciário de Santa Catarina, p. 109.

extrato-tjsc

Concursos anteriores
O último concurso do órgão foi realizado em 2011. Todos os candidatos foram avaliados por meio de prova escrita, contendo questões de Língua Portuguesa, Conhecimentos Gerais, Conhecimentos Específicos, Conhecimentos Básicos de Informática, Noções Básicas de Direito e Legislação, Raciocínio Lógico e Matemática. Houve também avaliação prática para o cargo de motorista e exame de títulos para analista administrativo.

Com a proximidade do fim de validade do último concurso do TJ/SC para o cargo de Técnico Judiciário Auxiliar (nível médio), surgem especulações sobre a organização de um novo certame a partir de 14 março de 2014. Com a abertura de novas varas e seções judiciárias, o Poder Judiciário de Santa Catarina procura sempre manter concursos válidos a fim de manter um nível de contratação. Enquanto não surgem informações oficiais acerca do referido concurso, vejamos os detalhes da última seleção que chamou centenas de candidatos aprovados.

O TJ/SC oferece aos servidores um plano de carreira estruturado e valiosos benefícios, entre eles destacam-se a jornada de trabalho de sete horas diárias, auxílios, licença prêmio a cada cinco anos, reajuste de 3% do vencimento básico a cada três anos, chamado triênio, além do recesso de 15 dias no final do ano e ainda, 30 dias de férias.

Veja os editais, programas e provas aplicadas no último certame

santa_catarina

1. LÍNGUA PORTUGUESA
Letra, fonema e sílaba. Encontros vocálicos e consonantais. Divisão silábica. Ortoepia e prosódia. Ortografia. Acentuação tônica e gráfica. Acento de insistência. Vocábulos rizotônicos e arrizotônicos.
Processos de formação dos vocábulos: derivação e composição, parassíntese e hibridismo. Elementos mórficos: prefixos e sufixos. Distribuição das palavras em classes: flexões verbais e nominais. Conjugação dos verbos com os pronomes oblíquos O, A, OS, AS.  Análise sintática. Classificação dos termos da oração: essenciais, integrantes e acessórios. Orações coordenadas. Orações subordinadas: substantivas, adjetivas e adverbiais.
Concordância verbal e nominal. Concordância gramatical e concordância ideológica (silepse).  Regência verbal e predicação dos verbos (transitivos, intransitivos e verbos de ligação). Regência verbal e nominal. Crase.
1.6 Sintaxe de Colocação – Colocação dos pronomes oblíquos átonos: próclise, mesóclise e ênclise. Figuras de linguagem: metáfora, metonímia, elipse, pleonasmo, eufemismo, hipérbole, prosopopéia e antítese.
Significação das palavras no contexto. Homonímia, sinonímia, antonímia, paronímia e polissemia. Emprego dos porquês e dos pronomes demonstrativos este, esse, aquele e aquilo. Vírgula, dois pontos, asterisco, ponto de exclamação, ponto de interrogação, reticências, parênteses, travessão, aspas e ponto final. Ambigüidade, barbarismo, cacofonia, eco, pleonasmo, solecismo, obscuridade e hiato.
1.11 Interpretação de Texto.

2. CONHECIMENTOS GERAIS
2.1 HISTÓRIA
2.1.1 História Mundial
2.1.1.1 Guerra Fria e nova ordem mundial.
2.1.1.2 Mundo contemporâneo e globalização.
2.1.1.3 Atualidades internacionais.
2.1.2 História Brasileira
2.1.2.1 Ocupação e povoamento.
2.1.2.2 Colônia e Império: Administração, economia, política, sociedade e cultura.
2.1.2.3 Imigração e colonização.
2.1.2.4 Revolução Farroupilha e República Juliana. Segunda Guerra. A Ditadura Militar. Redemocratização. Brasil contemporâneo.

2.2. GEOGRAFIA
2.2.1 O Espaço Mundial
2.2.1.1 Os pólos de poder na economia globalizada.
2.2.1.2 Da Guerra Fria à nova ordem mundial: geopolítica e economia.
2.2.1.3 As relações de trabalho e de produção.
2.2.1.4 Blocos econômicos regionais.
2.2.1.5 As recentes mudanças no mundo atual.
2.2.2 O Espaço Brasileiro: posição geográfica, fronteiras e limites do País e dos Estados. Aspectos naturais: Estrutura geológica. Relevo. Clima. Hidrografia. Vegetação. Domínios morfoclimáticos. Ecossistemas. Problemas ambientais. Dinâmica demográfica. Crescimento vegetativo. Política demográfica. Indicadores socioeconômicos. Estrutura da população. Estrutura etária e sexos. Setores de atividade. Distribuição de renda. Etnias. Uma questão contemporânea: As minorias. Migrações. Urbanização. A questão da pobreza e da violência humana.
2.2.2.3 Aspectos Econômicos – Atividade industrial e (re)organização do espaço geográfico. Energia. Transporte e comércio. O espaço agrário. Agricultura. Pecuária. Extrativismo. Complexos regionais.

3. CONHECIMENTOS BÁSICOS DE DIREITO E LEGISLAÇÃO
3.1 Direito Constitucional
3.1.1 Constituição Federal:
3.1.1.1 Título I – Dos Princípios Fundamentais – Arts. 1º a 4º
3.1.1.2 Título II – Dos Direitos e Garantias Fundamentais – Arts. 5º a 13
3.1.1.3 Título III – Da Organização do Estado – Arts. 18 e 19 e arts. 37 a 41
3.1.1.4 Título IV – Da Organização dos Poderes – Arts. 92 a 105 e arts. 125 e 126
3.1.2 Constituição do Estado de Santa Catarina
3.1.2.1 Título III – Da Organização Político-administrativa do Estado – Arts. 5º a 30
3.1.2.2 Título IV – Da Organização dos Poderes – Arts. 77 a 92
3.2 Direito Administrativo:
3.2.1 Administração Pública: estrutura administrativa, conceito e poderes do Estado, entidades políticas e administrativas, espécies de agentes públicos.
3.2.2 Atividade Administrativa: conceito, natureza e fins, princípios básicos.
3.2.3 Organização Administrativa: Administrativa direta e indireta.
3.2.4 Ato Administrativo: conceito, requisitos, atributos, classificação, invalidação.
3.2.5 Contratos Administrativos: Considerações gerais (conceito, finalidades e princípios) sobre contratos, formalização e execução.
3.2.6 Licitações: Considerações gerais (conceito, finalidades, princípios e modalidades) (Lei n. 8.666/93 e alterações posteriores).
3.2.7 Controle da Administração Pública: controle administrativo e judiciário.
3.2.8 Regime Jurídico dos Servidores do Estado de Santa Catarina: Lei n. 6.745/85, Lei Complementar Estadual n. 339/06.
3.2.9 Lei Complementar estadual n. 447 de 7 de julho de 2009. – Foro Judicial).
3.3 Código de Processo Civil
3.3.1 Do Livro I – Do Processo de Conhecimento
3.3.1.1 Título V – Dos Atos Processuais – Arts. 154 a art. 261. Arts 297 a Arts. 444 a 457
3.3.1.3 Título X – Dos Recursos – Arts. 496 a 538.
3.3.2 Do Livro II – Do Processo de Execução
3.3.2.1 Título I – Da Execução em Geral – Arts. 566 a 597
3.3.2.2 Título III – Dos Embargos do Devedor – Arts. 744 a 747
3.4 Código de Processo Penal:
3.4.1 Do Livro I – Do Processo em Geral
3.4.1.1 Título II – Do Inquérito Policial – Arts. 4º a 23
3.4.1.2 Título III – Da Ação Penal – Arts. 24 a 62
Do Juiz, do Ministério Público, do Acusado e Defensor, dos Assistentes e Auxiliares Art. 274
3.4.1.4 Título X – Das Citações e Intimações – Arts. 351 a 372
3.4.2 Do Livro II – Dos Processos em Espécie
3.4.2.1 Título I – Do Processo Criminal – Capítulo I – Arts. 394 a 405; Capítulo II – Arts. 406 a 412
3.5 Direito Penal: Código Penal:  Dos Crimes praticados por Dos crimes contra Arts. 338 a 359
3.6 Lei de Improbidade Administrativa: Lei n. 8.429/92.
OBSERVAÇÃO: A legislação integrante do presente programa será exigida com as alterações que entrarem em vigor até a data de publicação do referido Edital.

4. CONHECIMENTOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA
Painel de controle: central de ações, firewall do Windows, Windows Update, backup e restauração, dispositivos e impressoras, contas de usuário, barra de tarefas e menu iniciar, opções de pasta, instalar e desinstalar programas. Utilização do Windows Explorer: operações com arquivos e pastas, atalhos, modos de visualização, unidades de rede, lixeira. Acessórios do Windows: calculadora, bloco de notas. Conexão de área de trabalho remota. Compartilhamento de recursos do Windows. Windows Defender.
Manipulação de documentos: novo, abrir, converter, salvar, salvar como, imprimir, visualizar impressão, proteger com senha, propriedades. Formatação de documentos: fonte, espaçamento, parágrafo, tabulação, maiúsculas e minúsculas, marcadores e numeração, estilos. Edição de documentos: localizar e substituir texto, selecionar, recortar, copiar, colar, numerar páginas, trabalhar com cabeçalho e rodapé, inserir figuras, inserir hiperlinks, quebrar páginas. Configuração de documentos: margens, tamanho do papel, orientação para impressão. Tabelas: criar tabela, selecionar, inserir e eliminar versa. Ferramentas adicionais: verificar ortografia, corrigir palavras automaticamente, definir idioma, trabalhar com mala direta.
Área de trabalho: células, linhas e colunas, deslocamento do cursor na planilha, área de impressão, barra de edição, pastas de trabalho. Células: selecionar, copiar, recortar, colar,
transpor, limpar, eliminar, proteger, inserir dados, referências e fórmulas. Formatação de células e planilhas: formatar números, textos, datas e moedas, alinhamento, borda, fonte, padrões, formatação condicional. Manipulação de dados: ordenação, filtros, tabelas dinâmicas, importação e exportação.
hora, texto, lógicas, pesquisa e referência. Gráficos: criação, seleção de dados, tipos de gráficos, formatação, apresentação.
4.4 Internet e Correio Eletrônico – Navegação: endereços, acessar links, avançar, retroceder e recarregar páginas, favoritos, download e upload de arquivos, gerenciamento de pop-ups e cookies.
Utilização de ferramentas de busca (Google e Live Search). Configurações do navegador. Recursos de segurança e privacidade. Utilização de arquivos PDF (Portable Document Format). Correio eletrônico:  mail, escrever, enviar, responder e encaminhar mensagens, arquivos anexos, organizar e selecionar mensagens recebidas. Importar e exportar mensagens. Catálogo de  endereços. Incluir assinatura. Spam, boatos (hoaxes) e correntes.
conceitos e como se proteger de phishing scan, spyware, worms, trojans, vírus. Utilização de senhas. Engenharia social. Cópias de segurança (backup). Conceitos básicos de criptografia e assinatura digital.
Versões dos softwares utilizados no programa:
a) Sistema operacional Windows 7 Professional
b) Editores de textos e planilhas eletrônicas dos pacotes Microsoft Office 2007 e BROffice.org 3.2.0
c) Navegador Internet Explorer 8
d) Cliente de Correio Eletrônico Windows Live Mail 2009
e) Adobe Reader 9.3

5. RACIOCÍNIO LÓGICO E MATEMÁTICO
5.1 Operações com números reais.
5.2 Proporcionalidade: razão e proporção; regra de três simples e composta; porcentagem.
5.3 Equações e inequações de 1º e 2º graus. Sistemas de equação de 1º e 2º graus.
5.4 Noção de estatística.
5.5 Juros simples e compostos: capitalizações e descontos.
5.6 Análise combinatória: princípios multiplicativo, probabilidade.
5.7 Progressão Aritmética
5.8 Média simples e ponderada.
5.9 Relação entre grandezas: tabelas e gráficos; funções: polinomiais, exponenciais e logarítmicas.
5.10 Sistemas de medidas usuais.
5.11 Geometria plana: áreas e perímetros
5.12 Matrizes.

Situação e vigência dos concursos no TJ-SC (atualizado em outubro de 2014)

Edital 193/11 Analista Jurídico Situação das convocações
Edital 195/11 Técnico Judiciário Auxiliar, Secretaria do Tribunal de Justiça Situação das convocações
Edital 192/11 Analista Administrativo Situação das convocações
Edital 173/11 Técnico Judiciário Auxiliar Situação das convocações
Edital 620/10 Engenheiro Civil Situação das convocações
Edital 412/10 Analista de Sistemas Situação das convocações
Edital 410/10 Oficial da Infância e Juventude Situação das convocações
Edital 409/10 Oficial de Justiça e Avaliador Situação das convocações
Edital 407/10 Assistente Social Situação das convocações
Edital 406/10 Técnico Judiciário Auxiliar Situação das convocações

Com informações do TJ-SC e Folha Dirigida.




Inmetro: Editais previstos para o início de novembro


via Byline

Deverá ser publicado nos próximos dias no Diário Oficial da União (DOU) o extrato do contrato formalizando o Idecan como organizador dos concursos do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O documento foi assinado na última sexta-feira, dia 24. Essa publicação é essencial para que os três editais sejam divulgados, o que ocorrerá em breve.
Porém, a data exata em que os documentos serão publicados, assim como o período de inscrições, ainda estão sendo definidos. O prazo para o término desse processo é até esta sexta-feira, dia 31, segundo o responsável pela Coordenação-Geral de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Cogep), Paulo Roberto Rodrigues.
Após a publicação do extrato do contrato, as normas do concurso não costumam demorar muito tempo para serem divulgadas. Sendo assim, a expectativa é pela publicação dos três editais já na primeira semana de novembro.
Das 80 vagas, 19 serão para assistente executivo (nível médio), nove para técnico (médio/técnico), 39 para analista, 11 de pesquisador-tecnologista e duas de especialista (estas últimas de nível superior). Os ganhos vigentes, já com o acréscimo do auxílio-alimentação de R$373, são de R$3.189,10 para os dois primeiros cargos, R$7.248,77 para os analistas e pesquisadores e R$16.212,06 para os especialistas.
As taxas de inscrição previstas são de R$65 para os cargos dos níveis médio e médio/técnico, R$130 para os analistas e pesquisadores e R$150 para os especialistas. As lotações ocorrerão, em maioria, no Rio de Janeiro, com 56 oportunidades. Haverá também oferta para as duas superintendências do Inmetro, no Rio Grande do Sul, com 12 vagas e Goiás, com outras 12.


Fonte: Folha Dirigida




Polícia Federal: Candidatos aguardam orientação dos organizadores


via Byline

Aqueles que se inscreveram no concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de agente (nível superior) continuam à espera de orientações por parte dos organizadores com relação à sequência da seleção. O concurso foi suspenso por determinação da Justiça para adequação das etapas à participação de candidatos com deficiência.

Na última segunda-feira, dia 27, FOLHA DIRIGIDA questionou a PF sobre as instruções àqueles que se inscreveram na seleção, mas até o fechamento desta edição não houve qualquer indicação. Há uma preocupação, principalmente com relação aos que preencheram o requerimento de inscrição, mas ainda não efetuaram o pagamento da taxa, o que poderia ser feito até o dia 7 do próximo mês. O valor a ser pago é de R$150.

Na quarta, 29, o Cespe/UnB negou que esteja orientando candidatos a não realizarem o pagamento, sob a alegação de que após a retomada do concurso seria aberto novo prazo. Segundo o organizador, os candidatos devem aguardar por novas informações, que serão concedidas por meio da página do concurso na internet.

Atendendo a pedido do Ministério Público Federal (MPF), o juiz federal substituto da 1ª Vara Federal de Uberlândia (MG), Bruno Vasconcelos, determinou a paralisação do concurso até o cumprimento das seguintes medidas: adaptação do exame de aptidão física e do curso de formação profissional às necessidades do candidato com deficiência; a avaliação da compatibilidade das deficiências do candidato com as atribuições do cargo ao longo do estágio probatório, e não durante a perícia médica do concurso; e que as condições clínicas, sinais ou sintomas considerados causa de incapacidade e inaptidão para exercício da função não sejam determinantes para exclusão imediata do candidato com deficiência, devendo a incompatibilidade ser verificada durante o estágio probatório.


O MPF sustenta que, apesar de reservar vagas para pessoas com deficiência, conforme determinou no ano passado o Supremo Tribunal Federal (STF), o edital divulgado pela PF "na prática, frustra a concretização desse direito, uma vez que está explicito nas disposições que não haverá adaptação do exame de aptidão física, do exame médico, da avaliação psicológica ou do Curso de Formação Profissional às condições do candidato, com deficiência física ou não".

Além dessas etapas, a seleção é composta por provas objetivas e discursivas, inicialmente previstas para 21 de dezembro, e ainda investigação social. O exame físico compreenderá os testes de barra fixa, de impulsão horizontal, de corrida de 12 minutos e de natação. As avaliações serão aplicadas em todas as capitais, com exceção do curso de formação, que é realizado em Brasília.

O cargo de agente é destinado a quem possui o ensino superior em qualquer área e carteira de habilitação, na categoria B ou superior. Além da reserva de vagas para deficientes (30, ao todo), a seleção também conta com 120 vagas destinadas a negros, conforme determina a legislação.

Reajuste – O Senado Federal aprovou, na última segunda-feira, 27, o reajuste para os cargos de agente, escrivão e papiloscopista da PF. A partir de janeiro do ano que vem, a remuneração inicial para esses cargos será de R$9.074,59, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373. Atualmente, o valor é de R$7.887,33.

O reajuste foi acertado com o governo federal e estava previsto na Medida Provisória 650, que trata da reestruturação da carreira de policial federal e foi aprovada no Plenário do Senado, sendo convertida na Lei 13.034. O aumento concedido foi de 15,8%, o mesmo dado a diversas outras categorias do Executivo federal.


Fonte: Folha Dirigida